Últimas

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Pastor com 172 tatuagens do Iron Maiden participa do Rock in Rio.

Está aí uma coisa que eu sempre falei, os crentes querem servir a Deus sem largar as coisas do mundo, seus costumes e práticas, uma delas é a música secular, leia esta reportagem abaixo e me diga se isso é exemplo para ser seguido por algum cristão? 
Essas pessoas levam aquela palavra de Paulo bem ao pé da letra que diz: "todas as coisas me são lícitas", mas esquecem do restante que diz:  "mas nem todas me convém".
Vejam a reportagem abaixo contando tudo:
Uma reportagem especial do G1 sobre o Rock in Rio mostrou a história de Marcos Motolo, de São Paulo, o homem que tem 172 tatuagens da banda Iron Maiden espalhadas pelo corpo. A matéria fica mais curiosa quando descobrimos que Marcos é pastor evangélico e fã da banda desde quando tinha 7 anos de idade.
Marcos não nasceu em lar evangélico e passou boa parte de sua vida sendo um grande fã da banda de rock, indo aos shows, tatuando o mascote Eddie e até mesmo dando ao seu filho o nome do baixista do grupo Steve Harris.
“Me transformei em pastor em 2005, quando tive uma visão de uma bola de fogo com o sol de meio-dia. Eu era ateu e, a partir daí, passei a pregar a palavra de Deus”, conta Motolo.
O pastor estava no Rock in Rio para ver de perto o show da banda e ainda tentaria receber dos músicos o certificado recebido pelo Ranking Brasil como o homem com mais tatuagens sobre o Iron Maiden.
Motolo é tão fã do grupo que participou do documentário “Fligth 666″ que já foi visto em mais de 200 países do mundo. Em 2009 ele concedeu uma entrevista ao G1 dizendo que não vê problemas em ser fã de uma banda secular, desde que a pessoa saiba diferenciar a cultura da religião.
“Se a pessoa souber curtir o heavy metal ou qualquer coisa, pode ser até funk ou futebol, sem se envolver em coisas que destruam sua saúde, é bom”, disse ele na época.
Fonte: Gospel Prime
Leia Também:

O CRISTÃO PODE OU NÃO OUVIR MÚSICA SECULAR?


Edu Alves
Viva uma vida de renúncia

Postar um comentário

Gostou deste artigo!
Então deixe um comentário.

 
Copyright © 2014 Vida de Renúncia. Designed by OddThemes